Seja bem-vindo. Faça o seu login ou cadastre-se.

Workshop / Masterclass :: Literatura e Teatro: fontes inspiradoras da moderna teleficção brasileira

11/10/2017 > 16:00h - 17:15h
Sala 3

A origem da telenovela está intimamente ligada à literatura. Desde os folhetins franceses até a influência de estilos como o romantismo e o modernismo, tudo serviu de base para a formação desta narrativa televisual. Ela retira da literatura suas temáticas, personagens e técnicas por meio de adaptações ou livre inspirações. O diálogo entre literatura e telenovela é forte até hoje e constantemente alimenta a produção televisiva.

Se, nos primórdios, as razões para que a telenovela buscasse na literatura seus temas estavam na escassez da mão de obra qualificada para a escrita televisiva, foi a partir da década de 1970, com a modernização e industrialização promovidas pela TV Globo no gênero da teleficção em geral, que a literatura (incluindo a dramática) passou a ser elemento chave para a argamassa constitutiva da rica teledramaturgia nacional.  Um rito de passagem como fonte inspiradora da Moderna Telenovela Brasileira e da teleficção como um todo.

 De Medeia, de Eurípides, e Romeu e Julieta, de Shakespeare, passando por Morte e Vida Severina, de João Cabral de Melo Neto, até O Bem-Amado, de Dias Gomes, e A Escada com Os Ossos do Barão, de Jorge Andrade. De A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas Filho, alcançando O Tempo e O Vento (Erico Verissimo) e Grande Sertão: Veredas (Guimarães Rosa) à AmoresRoubados (A Emparedada da Rua Nova, de Carneiro Vilela). De Helena (Machado de Assis), Senhora (José de Alencar), A Moreninha (Joaquim Manuel de Macedo), Escrava Isaura (Bernardo Guimarães), Gabriela, Cravo e Canela e Tieta do Agreste (Jorge Amado), Ciranda de Pedra (Lygia Fagundes Telles), chegando em Êta Mundo Bom! (Inspirado em Voltaire e Monteiro Lobato); seguem a literatura e o teatro como seiva inspiradora para os vastos e imensos bosques da ficção televisiva, consumida diariamente por uma platéia ávida de emoções, identificações, projeções. No ir e vir da literatura e do teatro em confluência antropofágica com a telenovela, minisséries e séries, as seculares expressões artísticas retornam ao público amplificadas pela potência da mídia eletrônica.  Renovadas por novas linguagens e em conjunto com a telenovela, mantêm a essência que é a de retratar a ação do homem no tempo e no espaço.

A moderna Telenovela brasileira (e seus derivados como as minisséries) – catalisadora de expressões literárias e teatrais – segue em seu desenvolvimento artístico e social de maneira autônoma, como produto da estética do contemporâneo audiovisual e, a despeito de nossa individualidade, nos faz sentir parte de um todo. Afinal, literatura, teatro e telenovela representam um mesmo registro que busca, de um modo ou de outro, iluminar os intrincados labirintos do comportamento humano. “


No dia do evento é necessário chegar com 15 minutos de antecedência. Após esse horário as vagas disponíveis serão direcionadas para a fila de espera. A simples inscrição no site não garante entrada na sala.
PALESTRATES EMPRESA CARGO
Mauro Alencar TV Globo Consultor e Pesquisador Biografia

Confira outros workshops

WORKSHOP / MASTERCLASS DATA/HORÁRIO/SALA
The Americans: Maquiagem e Figurino como elementos fundamentais para o sucesso de uma série 09/10/2017 > 10:00h - 13:00h
Sala 2
Inscrição
Literatura e Teatro: fontes inspiradoras da moderna teleficção brasileira 11/10/2017 > 16:00h - 17:15h
Sala 3
Inscrição
Construindo um universo cinematográfico: workshop de roteiro com Patrick Hegarty 12/10/2017 > 10:00h - 13:00h
Sala 3
Inscrição
O futuro da distribuição de conteúdo além do cinema e produção independente 13/10/2017 > 10:00h - 12:00h
Sala 3
Inscrição
A direção de fotografia do cinema europeu contemporâneo: masterclass de fotografia com Priscila Guedes 13/10/2017 > 14:30h - 17:30h
Sala 3
Inscrição

Voltar